Graduação na Suíça - Tudo que você precisa saber para trabalhar fora do Brasil
Connect with us

morar na Suíça

Graduação na Suíça

Published

on

Graduação na Suiça

 

Se você está interessado em fazer uma graduação na Suíça, existem alguns detalhes importantes sobre os quais você precisa se informar primeiro. O país conta com inúmeras instituições de ensino, de grande qualidade e renome mundial, por isso, se graduar na Suíça pode ser ótimo para a sua carreira.

Veja nesse artigo tudo que você precisa saber para conseguir fazer uma graduação na Suíça. Confira.

10 Canais ou Sites Gratuitos para Estudar inglês

A estrutura educacional na Suíça

 

O governo suíço reconhece conhecimento, pesquisa e educação como recursos de importância extrema para o país. O ensino na Suíça é levado tão a sério, que as instituições de ensino suíças são reconhecidas mundialmente em virtude de seu alto padrão educacional.

Os estudantes suíços são os que têm os resultados mais elevados em matemática e em ciência da computação, em relação aos demais países europeus.

O alto nível de ensino suíço é um dos fatores que mais atrai estudantes de todo o mundo para fazerem seus cursos de graduação na Suíça.

A educação de nível básico no país é gratuita e obrigatória a partir de entre 6 e 7 anos das crianças, durando cerca de 9 anos.

O sistema educacional da Suíça tem um padrão decentralizado, desta forma, cada região é responsável pela estruturação dos serviços de educação. Assim, os conteúdos programáticos das escolas podem sofrer variações em relação a uma região e outra.

Os 3 níveis do sistema educacional suíço são:

  • A educação primária

Obrigatória para todas as crianças com mais de 6 anos, durando entre 4 a 6 anos, de acordo com cada região. O idioma em que as aulas são ministradas costuma ser o mesmo que é falado na região predominantemente;

  • Educação secundária

Pode ser acadêmica ou vocacional, sendo o primeiro denominado de ginásio e subdivido entre ensino médio, que é opcional, e secundário, que é obrigatório.

  • Educação terciária

Este é o nível educacional de quem quer fazer uma graduação na Suíça, sendo dividido em bacharel, mestrado e doutorado.

CRITICAL SKILLS PERMITS: CONHEÇA MAIS SOBRE AS LICENÇAS DE TRABALHO NA IRLANDA!

Ensino para estrangeiros na Suíça

 

A Suíça é considerada um país dotado de excelência em padrão de ensino por toda a comunidade internacional, desta forma, todos os anos, milhares de estudantes dos mais diversos países do mundo procuram as instituições de ensino do país para fazerem cursos de mestrado, doutorado e de graduação na Suíça.

Segundo as estatísticas do governo suíço, cerca de 28% dos alunos de nível universitário, metade dos doutorandos e cerca de 45% dos mestrandos das instituições de ensino superior do país são oriundos de outros países. O que demonstra um alto grau de internacionalização das universidades da Suíça.

O governo suíço costuma investir bastante na manutenção de um nível de ensino elevado, demonstrando comprometimento com a educação, por reconhecer a importância da produção acadêmica e científica para a economia nacional.

A Suíça é o país europeu que conta com o maior número de patentes registradas, e conta com o maior número de cidadãos vencedores do prêmio Nobel do mundo.

O ensino superior suíço adota está estruturado em consonância com o Acordo de Bolonha, e esse fato ajuda a facilitar o processo de intercâmbio entre os países da Europa, uma vez que os diplomas das instituições de ensino de todo o continente são aceitos no país.

Diplomas das instituições de ensino das outras regiões do mundo, por sua vez, também são reconhecidos sem dificuldades pelas universidades da Suíça.

Os valores das taxas das universidades suíças não são muito altos, o que deixa a ideia de fazer uma graduação na Suíça ainda mais atrativa. Os preços variam um pouco, mas a média das anuidades gira em torno dos 1500 euros.

Em algumas instituições de ensino, os estudantes estrangeiros precisam pagar um pouco mais para fazer uma graduação na Suíça, mas na maioria delas, o valor das mensalidades é o mesmo que é pago pelos estudantes nativos.

 

Processo de admissão nas Universidades da Suíça

 

Para quem deseja fazer um curso de nível superior seja de mestrado, doutorado ou de graduação na Suíça, é importante saber que as solicitações de admissões que são necessárias para conseguir uma vaga devem ser todas enviadas de forma direta para a instituição de ensino escolhida pelo estudante.

Cada uma das instituições de ensino espalhadas pelo país determina de forma particular os próprios processos de admissão, levando em conta os critérios e prazos para a admissão de alunos específicos.

Desta forma, caso você deseje fazer um curso de graduação na Suíça, o ideal é que você procure a instituição de ensino onde deseja estudar, e entre em contato com a mesma para receber as informações detalhadas e específicas para fazer o processo de admissão adequado.

Neste artigo, você vai encontrar, entretanto, um panorama geral sobre os processos de admissão para as universidades suíças.

Para se matricular num curso de graduação de uma Universidade da Suíça, o primeiro critério comum a todas, é que você deve ter concluído anteriormente toda a educação secundária e esteja apto a cursar a educação de nível superior em seu país de origem, necessitando da documentação comprobatória da conclusão do nível de ensino secundário.

A depender do curso de graduação que você pretende fazer, pode ser que seja necessária também a comprovação de algum curso extra, ou haverá a necessidade da realização de algum exame para ingressar na instituição de ensino desejada.

Existem também alguns requisitos referentes ao seu idioma para que você possa fazer uma graduação na Suíça.

Em primeiro lugar, será necessário comprovar proficiência na língua solicitada pelo programa de ensino da universidade escolhida.

No país, existem 3 idiomas oficiais, o alemão, o francês e o italiano, por isso, o idioma varia de acordo com a universidade escolhida.

De forma geral, o grau de exigência de proficiência na língua exigida pelas universidades da Suíça é o nível mínimo B1 ou B2 da língua, seguindo os padrões da comunidade europeia.

Agora você já sabe tudo que precisa sobre os cursos de graduação na Suíça e que precisa fazer para se tornar aluno de algum deles.

Se além de informações sobre os cursos de graduação na Suíça, você quiser saber mais sobre turismo e trabalho no país, visite o conteúdo anterior de nosso blog e continue acompanhando as nossas postagens.

 ESTRANGEIROS TRABALHANDO NA IRLANDA? LEIA O TEXTO E SAIBA O MOTIVO!

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *